QUASE AURORA

E-mail

HOME       SOBRE       CONTATO

DICA DE APP: NICHI

Uma das coisas que eu priorizo na hora de comprar um novo celular é a memória. Gosto de ficar testando aplicativos para estudos, edição etc. É quase uma terapia ficar instalando aplicativos e brincar com suas funcionalidades e por isso, resolvi mostrar para vocês um dos meus queridinhos: Nichi.

Basicamente é um aplicativo para deixar seus stories mais agradáveis, o que é algo que amo fazer (e me rende elogios no direct sempre).
Assim que você abre o aplicativo vê que ele já tem layouts prontos (alguns gratuitos e outros trancados), mas você também pode criar os próprios, escolher o modelo de borda da foto, o fundo e enfeitar do jeitinho que quiser.




25 ANOS E MINHA FESTA DE LÁGRIMAS

fingindo felicidade
Quando pensava em como seria meu post de aniversário, pensava que seria diferente. Imaginei quais as palavras que colocaria aqui e após algumas tentativas descobri que não faço a menor ideia.

Hoje, dez dias após meu aniversário, resolvi jogar no Google quantos dias de vida eu tenho: 9.141. Depois de ver isso só consigo pensar o que estou fazendo com a minha vida. Tenho vinte e cinco anos e estou completamente perdida.

No dia anterior ao meu grande dia, como gosto de chamar, estava profundamente deprimida. Queria fazer umas fotos para ao menos "celebrar", mas nada ficava bom e eu só queria me afogar em lágrimas. Esse foi o aniversário que mais criei expectativas e mais me decepcionei, me senti arrasada, no fundo do poço e eu nem sei explicar para vocês o motivo se nem eu mesma sei bem...

Por muita insitência da minha mãe, deixei que ela fizesse um bolo, mas disse que não queria ninguém e naquele momento fiquei feliz, mas não posso e nem vou mentir, ainda estava deprimida e querendo chorar sem parar.

Tentando amenizar meu caos, voltei a escrever. Não sei se chamo de bullet journal ou diário mesmo, mas tem sido um alívio colocar meus sentimentos no papel. É como se fossem minhas lágrimas em palavras... é uma terapia e tem ajudado.

Então minha cara leitora, o resumo da obra é que essa pessoa que vos escreve anda meio perdida, meio sem inspiração e meio triste - e tá tudo bem, a tristeza faz parte da vida, há tempo de rir e tempo de chorar. Parabéns pra mim! 🎉




COMO SE SENTIR CONFIANTE

Não tem receita de bolo pra isso, vou logo adiantando, mas existem coisas que podemos fazer que ajudam esse processo que é loooongo.

Também adianto avisando que não será com esse post que você se tornará uma pessoa confiante consigo mesma, muito menos de hoje para amanhã. Irão existir dias em que se sentirá desanimada e com falta de confiança, o que é normal! As inseguranças fazem parte do que é ser humano. Mas como quase tudo nessa vida tem dica para chegar lá... Papel e caneta na mão!
 
foto
Mudança de mente
De nada vale você mudar o externo se não mudar o interno! Vivo falando sobre isso aqui no blog e até fizemos uma série maravilhosa (leia os posts aqui). Mudança de comportamento só vem com mudança de pensamento.

Já pensou que estranho seria você agir de uma maneira completamente estranha aos comandos da sua mente? Não tem sentido! Quando você muda sua maneira de pensar, muda sua maneira de agir (consigo mesma e com quem estiver ao redor).

Para se sentir confiante com que você é e com quem quer ser é preciso antes de tudo parar com os pensamentos negativos e destrutivos. Eles não te levarão a lugar algum! Lembre-se: você controla seus pensamentos, não o contrário.

Largue a comparação
Eu nunca gostei que pessoas ficassem me comparando com outras, mas houve uma época em que eu fazia isso comigo mesma. Não tem coisa mais destrutiva do que isso. Cada um tem um tempo, tem sua maneira e seus caminhos para realizar as coisas. Eu tenho uma vida que aparentemente até pode ser igual a sua, mas os caminhos que me trouxeram até aqui são diferentes.

Entende o que quero dizer? Concentre suas energias em você, no seu caminho e nos seus planos. Não existe ninguém como você, por isso, deixe a comparação de lado.

Meu segredo
Por fim, no meu ponto de vista, o segredo da confiança é se sentir bem consigo mesmo e como se faz isso? Aprendendo a respeitar seus sentimentos, suas emoções, seus gostos, a usar o que lhe deixa feliz e consumir o que te faz bem! Se afastar de coisas e pessoas tóxicas ajudam muito, viu?!




A COISA MAIS CRUEL QUE ME DISSERAM

Quando eu tinha 14 anos era uma péssima aluna em matemática (na verdade eu sempre fui ruim em exatas). E acho que nem fazia tanta questão de ser boa em algo que não gostava.

Um belo dia o senhor D. (preservarei o resto do nome) chamou meu pai para uma conversa a respeito das minhas notas baixas. Após essa conversa, um dia depois, cruzei com ele nas escadas do colégio e naquele dia eu ouvi a coisa mais cruel que alguém poderia me dizer. 

"Seu pai deve ter vergonha da filha que tem... Você nunca será como o fulano ou como a beltrana... Você nunca será a aluna que vou cumprimentar na rua depois de anos. Sabe por quê? Porque você nunca será alguém."

Ah senhor D.! Precisava ser tão cruel? Eu só tinha 14 anos e não era boa na sua disciplina!
 
foto
Isso me marcou de uma forma tão dolorosa ao ponto de gravar na memória os dentes amarelados que ele tinha, a blusa branca e calça bege que ele vestia. Lembro-me da escada cinza, das paredes verdes da escola, do casaco branco surrado que eu vestia.

Lembro principalmente da maneira como ele me deixou acuada na parede e lembro de dizer "Faço questão de ir pro outro lado da rua e não falar com você". Não sou minha irmã que sempre tem uma resposta afiada na ponta da língua. Estava tão nervosa que isso foi tudo que consegui elaborar na hora.

Naquele dia eu não chorei e demorei anos para contar aos meus pais. Guardei e tomei como verdade aquelas palavras.

Eu realmente não seria ninguém?

Quando me sentia impotente ou quando falhava em algo, era das palavras do senhor D. que eu recordava. Sentia-me ainda pior e acreditava que eu era tudo aquilo: uma ninguém.

Demorou muitos, mas muitos anos para que eu o perdoasse. 

Não foi fácil perdoar, mas foi um alívio me livrar daquele fardo. Um fardo que não me pertencia, um fardo que não era verdade sobre quem eu era e sou.

Quando perdoei comecei a enxergar para aquele passado sem dor, sem mágoa e hoje as palavras do senhor D. me servem de combustível para provar que eu sou capaz sim e isso não se deve a mim, mas a Quem vive em mim! Ele é quem diz quem sou e quem eu me tornarei!

“Eu é que sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor;; pensamentos de paz e não de mal para vos dar o fim que desejais.” – Jeremias 29:11

Essa é a minha verdade, essa é a minha força! O que as pessoas pensam ao meu respeito é passageiro, mas o que Deus pensa é eterno, puro e bom.

A coisa mais cruel que me disseram foi uma mentira e a partir do momento que eu deixei a verdade me libertar e o perdão reinar, tudo mudou! 

Pessoas cruéis sempre irão existir, seus comentários estarão sempre como facas afiadas e apontadas para nos atingir, mas as palavras do Consolador jogam todas elas por terra. A Sua palavra prevalece hoje e para todo o sempre!




Acompanhe