QUASE AURORA

E-mail

HOME       SOBRE       CONTATO

MINHA PROTAGONISTA FALHOU

imagem

Escrevi um post falando sobre ser a protagonista da minha própria vida. Até criei um roteiro bem planejado e detalhado com as coisas que eu gostaria de mudar/realizar sendo essa nova pessoa. Eu estava pronta, para como diz minha irmã, liberar uma skin nova.

Confesso que mesmo querendo manter as expectativas baixas, elas aumentaram com o passar dos dias - mesmo os iniciais não sendo nada fáceis para mim. Depois disso, até que fui levando de boa, consegui obter alguns resultados e mudanças, estava satisfeita.

Mas se tem uma coisa que percebi nesse projeto é que nem sempre irei viver como minha protagonista. Primeiro porque estou passando por alguns problemas que me impedem de realizar algumas coisas e segundo que esqueço do projeto quando estou me sentindo muito sobrecarregada. Acredito que isso é normal.

Não é nada fácil mudar toda sua rotina e hábitos. Você convive dessa maneira por muitos e muitos anos, então não será da noite pro dia que as coisas irão mudar - e não, nem pensei nessa possibilidade. Tudo que pensei foi "esse é o primeiro passo" e dia após dia fui caminhando devagar, até que percebi que minha protagonista tinha falhado.

Senti um pouco de tristeza sim, não irei mentir. Mas me senti confortável com a falha, porque parando para pensar bem, mesmo com todos os perrengues, mesmo com todas as dificuldades e coisas que eu não esperava, minha protagonista aproveitou muito os últimos dias!

Ela sorriu, deu boas e profundas gargalhadas, se soltou, saiu mesmo sem ter 1 real no bolso, deu pequenos passos no trabalho, falou mais o que sentia, deu o seu melhor e foi até onde seu braço alcançou. Ela fez muito, mesmo achando que tinha feito pouco, mesmo sabendo que estava cometendo alguns deslizes. 

No fim, estou realizada e muito feliz com ela. O roteiro pode não ser exatamente o planejado, mas ainda tem chão pela frente e tudo pode acontecer - inclusive nada, então vamos aguardar as próximas cenas.





COMO ESCOLHER A POLTRONA IDEAL

 Já comentei aqui em vários momentos que faço trabalho de home office, mas isso mudou no último mês e meio. Voltei a trabalhar como social media de uma blogueira e passo boa parte do dia na rua fazendo gravações, porém, tenho meus dias em casa e acabo ficando um bom tempo sentada.

Ficar em pé por tempo demais cansa, assim como ficar sentado. Isso pode influenciar na sua produtividade, além de fazer com que você tenha uma postura inadequada – a gente fica tentando achar posições doidas depois de muitas horas, né verdade?

Por isso, investir em uma boa cadeira é tarefa de grande importância. No post de hoje, vamos navegar em uma empresa que vocês já conhecem: Atelier Clássico.

Poltrona Berger | Poltrona Athena | Poltrona Retro

Poltronas giratórias são confortáveis e super práticas (as com rodinhas), já que você pode leva-la de um lado ao outro sem dificuldade e causar danos ao móvel. Mas como escolher a poltrona de maneira correta?

Comece se perguntando onde você pretende deixar a poltrona e como é a decoração do ambiente, assim você já tem uma certa noção do tipo de design que deseja. Lembre-se que a largura dela é algo primordial, assim como a altura (se você for usar em uma escrivaninha/penteadeira etc). 

Pense também no tipo de material que você deseja. Cumpriu todos os requisitos? É só comprar e esperar chegar na sua casa.

Quer ver mais modelos de poltronas giratórias? Clique aqui e conheça as inúmeras opções do Atelier Clássico.

 





LINKS MARAVILHOSOS #42

Aos poucos estou voltando com os posts que são a cara do blog e sempre apareciam por aqui. Parte disso é culpa da nostalgia que tenho com os velhos tempos de Quase Aurora e fazer isso tem me proporcionado bastante alegria, mais do que imaginava! 

Então, vamos aos links achados nessa semana. São poucos, mas todos ótimos.

imagem

Se assumir como artista | um post que lembrou muito uma conversa que tive com meu pai e que foi um complemento para os meus pensamentos.

Dicas para viajar com criança | um daqueles de utilidade pública e que vale não só para pais, mas qualquer pessoa que vá viajar com um mini ser humano.

Sete metas para julho | Achei muito legal esse post porque me motivou a criar algumas metas para esse mês e realizar algumas coisinhas. Lhe convido a fazer o mesmo, afinal, o mês ainda está começando!

Melhores leituras 2022.1 | Agora que voltei a ser a leitora de antes, estou bem empolgada acompanhando as leituras alheias kkkk.

Helena Tannure no Jesus Copy (podcast) | Gosto bastante da Helena e já a conheci pessoalmente. Uma mulher admirável e que mesmo conhecendo sua história, faço questão de ouvir sempre que ela é convidada para participar de algo.

O lar tecnológico e sustentável de Guto Requena (vídeo) | Quero lhe convidar para ficar apaixonada por um apartamento em apenas 6 minutos. Será zero arrependimento, garanto.

Agora vem nos comentários me contar qual foi seu favorito!





OS ÚLTIMOS ASSISTIDOS

Entre a rotina puxada de trabalho e os momentos de hobby e descanso, a gente encaixa um filme aqui, um episódio de série ali e faz post no blog. Simbora!


Série: Harlem (prime vídeo)
Sinopse: Na charmosa cidade de New York, vivem as quatro melhores amigas: Angie, Camille, Tye e Quinn tentando equilibrar suas carreiras e relacionamentos. E talvez nesse momento você pense "mas já existem outras séries nesse mesmo estilo", calma. Vem comigo conhecer essa série.

Conheça a história
Amigas de longa data, o quarteto se conheceu quando estudavam na NYU e agora, aos trinta anos, vivem diversos desafios. Camille é professora de antropologia na Universidade de Columbia, muito inteligente e bonita, mas ainda tem sentimentos pelo ex-namorado, Ian, que está de volta após um período na França.

Angie está tentando voltar com sua carreira de cantora após o encerramento do contrato com uma gravadora, mas enquanto isso não acontece, ela é sustentada pela amiga Quinn, que enfrenta problemas de relacionamento com a mãe e tenta manter sua loja e linha de roupas, enquanto tem encontros desastrosos.

Enquanto isso, Tye é a mais estável financeiramente do grupo. Lésbica, fundou um app voltado para pessoas LGBTQIA+ negras. Troca de mulher como troca de roupa, mas tem um super segredo guardado e ao que tudo indica, vai lhe trazer muitas dores de cabeça na próxima temporada.


O que achei da série
Uma das coisas que mais me chamou atenção foi a química das atrizes, como se fossem amigas na vida real e por isso tudo fluiu muito bem. Apesar de alguns clichês que são encontrados nessas séries sobre amigas, não achei chato. Os altos e baixos são colocados na medida perfeita e você irá dar boas risadas em alguns momentos. Pra mim, foi nota 4/5 ★

Motivos para assistir
Protagonismo negro | Batemos muito na tecla sobre representatividade e essa série foca muito em como é ser uma mulher negra em uma cidade grande. A criadora, diretora e produtora da série, Tracy Oliver, disse o seguinte em uma entrevista para a revista Entertainment Weekly: "Simplesmente não havia muitas histórias de amizade de mulheres negras no mercado, e essas sempre foram minhas favoritas. Normalmente, o que eu faço quando há algo faltando que eu realmente quero ver é apenas decidir, ok, bem vou escrever sobre isso. E foi o que fiz.".




Acompanhe