QUASE AURORA: Amores impossíveis

Amores impossíveis


Já faz tempo que venho percebendo que aos poucos me tornei dependente de você. Que no final dos meus rodeios sempre acabo indo em sua direção. Que não importe quantas vezes eu tente bloquear meus pensamentos, eles sempre retornam até você.

Há duas partes em mim que estão em constate briga. Uma quer o tempo todo lhe ver, conversar e até mesmo lhe agradar, enquanto a outra censura e diz que esse sentimento é louco e mesmo sabendo, até ela peca e corre pra você.

Ninguém nunca causou um alvoroço tão intenso dentro de mim. Não posso dizer que isso é uma coisa boa, afinal, você é mais um na minha lista de amores impossíveis, ou melhor, proibidos. 

Queria que você não me ajudasse tanto, não respondesse minhas mensagens, não me olhasse e muito menos me abraçasse, talvez isso amenizasse um pouco as confusões que há dentro de mim. Talvez eu perceba que a culpa é sua e não minha. Nunca quis me envolver, mas você veio chegando e tudo foi acontecendo. Você vivendo e eu me perdendo.

Só quero viver me paz. Sem você por perto, sem estar de braços abertos o tempo todo me esperando, sem estar sempre me ajudando em minhas fraquezas e fortalecendo essa dependência louca que tenho de você. Quero que suma! Suma! Suma! Suma!




Postar um comentário

Obrigada por comentar ❤