Quase Aurora | as bonitezas da vida: Falando sobre Feminismo no TCC

Falando sobre Feminismo no TCC


Como vocês sabem (ou não, vai que?) tenho um canal no YouTube que é uma espécie de complemento do blog, um braço a mais. Vez ou outra trago alguns vídeos de lá pra cá (inclusive o vídeo conhecendo o Jardim Japonês em Buenos Aires já está no ar) e o de hoje é muito especial!

Resolvi atender ao pedido de uma amiga e falar sobre meu TCC, que foi uma reportagem para o impresso sobre o movimento feminista. Tentei ao máximo deixá-lo curto, mas essa parecia uma tarefa impossível! Sem contar os inúmeros contratempos: computador formatado, editor dando erro, alguém me interrompendo, precisando comprar um novo cartão de memória, iluminação que não prestava... e nessa brincadeira gravei CINCO vezes!

Então se você puder separar um tempinho do seu dia e assistir esse vídeo, feito para a Paula e para vocês, agradeço muitíssimo! 💛


Um detalhe que esqueci de falar no vídeo: a reportagem foi formatada com design de jornal e euzinha aqui que gastei mil horas no InDesign diagramando. Sempre que mandava pra correção acabava tendo que formatar novamente (porque minha orientadora queria ver como ela ficaria como produto final e não somente o texto feito no word)... Passei muita raiva diagramando? COM CERTEZA! Quem me conhece sabe que sempre achei um porre diagramar, precisa de paciência que não tenho.

Como eu sei que sempre tem um curioso ~tipo eu~ pra saber mais detalhes, vou colocar aqui um trechinho do que escrevi para o relatório e para a reportagem.

Relatório:

Movimentos não aparecem por acaso, eles nascem das lutas sociais e tais lutas surgem quando um grupo enfrenta alguma situação de injustiça. O Feminismo é a movimentação de mulheres na sociedade na luta por igualdade, contra a violência e por justiça. 
Desde a época do Brasil Colônia (1500 - 1822), vivemos em uma sociedade machista e patriarcal. Através do movimento feminista e de suas lutas constantes por direitos as mulheres romperam o silêncio e os reivindicaram publicamente. 

Reportagem (primeiro e último parágrafo):

Muito tem se falado do movimento feminista, mas não é raro encontrar pessoas que não saibam o que significa ou que digam que é apenas uma guerra entre os sexos. "Feminismo é um movimento social, mas antes é um pensamento crítico, pois é um processo de empoderamento das mulheres quando elas se descobrem em um sistema de opressão que e o patriarcado", explica a jornalista Jô Pontes. O movimento feminista nasceu provocando conflitos que visam abrir possibilidades de transformações na sociedade.

O debate e as lutas do feminismo se tornam cada vez mais constantes nas diversas plataformas de comunicação e não podem ser ignorados. Como disse Manoela Miklos, colunista do Mídia Nínja e curadora do blog #AgoraÉQueSãoElas, "o machismo exerce um magnetismo extraordinário. Escapar dele pe um grande feito" e é o que essas paraibanas e milhares de mulheres ao redor do mundo estão fazendo: escapando do machismo e das opressões que ele carrega, lutando por seus direitos e respeito. Elas estão se empoderando e estão só começando.

Agora vem manifestar tua opinião aqui nos comentários :)




2 comentários:

  1. Karina do céu, imagino como deve ter sido corrido (e estressante) esse processo, ainda mais não sendo uma especialista no assunto. Que bom que você encontrou mulheres maravilhosas que puderam te ajudar nesse processo e que deu tudo certo! O tema é incrível, aposto que você se apaixonou (ainda mais) pelo feminismo durante a pesquisa.

    Beijos e parabéns pelo trabalho lindo! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mega estressante mesmo, mas foi uma verdadeira aula! Meu ensinou super e me apaixonei meeeesmo!! Obrigada!!
      Beijo enorme, Cami 🖤

      Excluir

Obrigada por comentar ❤