QUASE AURORA : UMA SEMANA COMO VEGETARIANA

E-mail

HOME       SOBRE       CONTATO

UMA SEMANA COMO VEGETARIANA

Estamos cada vez mais perto do aniversário do blog e quero agradacer a você que parou um tempinho para responder o questionário sobre melhorias aqui. Caso não tenha respondido, ainda está em tempo! Comecei a colocar em prática mudanças que vocês falaram que gostariam de ver aqui, então, saiu uma categoria e entrou outra, assim como alguns conteúdos que pra vocês não fazem tanto sentido.

Achei que ficaria um pouco triste com isso, mas acho que essa mudança é ok, tendo em vista que estou sempre evoluindo e mudando algumas coisas no meu dia a dia e consequentemente essas mudanças refletem aqui. Além disso, o blog não é feito somente para mim, mas para vocês também!


Agora sim vamos ao objetivo desse post que é compartilhar com vocês uma nova mudança em minha vida.


Faz um tempo que vi em algum lugar da internet a ideia de ser vegetariano por uma semana e achei incrível isso. Resolvi então colocar em prática, já que a mudança alimentar e mudança de hábitos tem martelado por semanas na minha cabeça. E hoje, quero contar como foi minha primeira semana sem carne.

O 1º dia foi o mais fácil de todos. Não comi nenhum tipo de carne e de derivado apenas um ovo. Consegui comer bastante salada - coisa que dificilmente faço - e não senti nenhuma falta durante o dia. O 2º seguiu da mesma forma e foi super tranquilo, já no 3° tudo que eu mais queria era um pedaço de bife bem passado!

No 4º dia eu comi dois pastéis e uma coxinha versão mini (aqueles servidos em festa de aniversário) e só percebi que tinha feito isso depois que coloquei o salgado na boca, mas não fiquei me condenando por isso, até porque meu objetivo é ir reduzinho aos poucos para que o processo de adaptação seja melhor.

Nos dois dias que se seguiram foi um pouco mais complicado, já que eu estava vendo a família comendo carne e foi no 6º dia que passei pela prova de fogo ao ir para uma hamburgueria, mas fiquei só na batata frita. Mas foi no último dia que eu vacilei e comi peixe e camarão - duas coisas que eu não consigo ficar sem.

Não considero o desafio um fracasso. Achei que seria mil vezes pior e difícil já que como carne e derivados de animal praticamente todos os dias, então cheguei a conclusão de que não foi 100%, mas 90%!

Algumas pessoas me perguntaram se eu me tornaria de fato vegetariana ou vegana, mas não me vejo com esse rótulo. No passado eu até tentei e consegui por poucos meses, mas eu não entendia de fato o que era, hoje tenho um pouco mais de consciência e estou buscando mais informações a respeito.

E foi pesquisando vídeo aqui e vídeo ali que dei de cara com um da Dani Noce e consegui entender melhor o que quero pra mim. Reduzir meu consumo de carne, mas não me tornar completamente vegetariana, pois veja bem, existem muitos alimentos que são derivados de animais que eu consumo e não me vejo parando de consumir e também pode existir a possibilidade de que no futuro eu queria comprar algo de couro ou que foi testado em animal.

Não sei como será meu dia amanhã, que dirá o que vou comer ou deixar de comer e consumir pelo resto da vida. Meu objetivo é ser uma pessoa que sabe de onde vem o que estou comendo, cuidando melhor do meu corpo e compreendendo o que consumo. Não quero me rotular como vegana ou vegetariana, mas sim justamente como a Dani disse no vídeo: uma pessoa flexível.





10 comentários:

  1. Eu acho SUPER válida essa ideia de reduzir o consumo de carne. Eu também não sou vegetariana, mas reduzi MUITO o consumo de carne nos últimos tempos. Eu vivo bem sem carne, mas ainda não me vejo cortando tudo... quem sabe no futuro? Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não me vejo cortando tudo. Aguardemos os próximos capítulos.
      Beijo enorme ❤

      Excluir
  2. Para cada indivíduo o deixar de comer carne passa por processos
    diferentes;
    Gostei de ler.
    Não me lembro de ter passado por aqui antes, então
    prazer em conhecer seu blog.
    janicce.

    ResponderExcluir
  3. Estou deixando este comentário para dizer que gostei bastante do que acebei de ler aqui neste artigo, inclusive já salvei até meu navegador em meus favoritos.
    Abraços Super Vale

    ResponderExcluir
  4. Oi Karina!

    Nossa, é muito curioso que você e eu tivemos essa reflexão meio que na mesma época porque eu estou tentando fazer isso: diminuir as carnes, e de quebra os ovos, leite e derivados. Mas é exatamente como você pensa e quer pra você também: por enquanto não pretendo me tornar vegetariana. Mas diminuir e ser mais consciente é bem importante mesmo, pra gente saber o que está consumindo e de onde vem.
    Uma coisa que estou fazendo também é tentando ser um pouco mais sustentável. Eu ainda acumulo lixo, mas já melhorei muitas coisas, como não usar mais canudo de plástico; nem hashis descartáveis; não pretendo mais comprar buchinhas de lavar louça (uso uma escova própria pra isso) e aos poucos vou diminuindo mais algumas coisas, mas claro que não irei conseguir zerar a produção de lixo, entretanto já é alguma ajuda e me sinto melhor em pensar e tentar essas coisas. :)
    Por isso achei muito legal seu post e sua experiência, aí você percebeu como você vai agir a partir daí, e isso já é um grande passo (embora tenha muitas pessoas veganas que não conseguem relevar isso e acham que é fácil pra todo mundo igualmente deixar hábitos, mas enfim...)

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juli! Obrigada pelo comentário!

      Também estou tentando ser mais sustentável e uma das coisas que tenho diminuído é o uso de plástico. O que adotei foi: fazer compras com ecobags (e só aceitar sacolas em último caso ou quando estiver faltando em casa para jogar o lixo fora) e não comprar água na rua, sempre levo minha garrafinha. São com pequenas atitudes que fazemos a diferença, né?!

      Se conseguirmos melhorar ao menos 10% do que somos hoje, é um grande passo!
      Beijo enorme ❤

      Excluir
  5. Olá!
    Olha eu sou vegetariana há quatro anos e foi a melhor decisão que eu já tomei. A vida parece que fica mais leve, além de ser muito mais saudável e barato, hahaha. Espero que possa aderir, e sobre a sustentabilidade: somos duas lutando nessa jornada de diminuir o lixo. AMEI seu post e espero que continue compartilhando seus avanços nessa caminhada.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito orbigada Maria! Compartilharei sim!
      Beijo enorme ❤

      Excluir

Obrigada por comentar. Responderei o mais rápido possível. ❤

Acompanhe