QUASE AURORA : A QUARENTENA E O DOMÍNIO PRÓPRIO

E-mail

HOME       SOBRE       CONTATO

A QUARENTENA E O DOMÍNIO PRÓPRIO


Me pergunto se os italianos, franceses, americanos, espanhóis e chineses, que foram os que tiveram uma quarentena pesada e altos indicies de infectados, também passaram e passam pelos mesmos conflitos que eu. Penso que sim, porque no fim, todo mundo só quer uma coisa: voltar a vida normal.

Óbvio que o normal não será mais o mesmo, muita coisa vai mudar, muita coisa já tem mudado! Mas a gente que ver o sol chegar, tomar um banho de mar, passar frio no ar condicionado do shopping, tomar um sorvete na sorveteria da esquina, voltar às atividades na academia e ter aulas presenciais. Queremos a velha vida para reclamarmos dos problemas dela e não do fato de que precisamos ficar em casa e não aguentamos mais olhar para cara das pessoas que dividem o mesmo teto que nós.

Não sei você, mas por aqui o combinado foi todo mundo viajar, cada um para um canto diferente para voltar a ter saudade. Brincadeiras à parte, é assim que tentamos manter o bom humor em dias que estão todos estressados.

E vou falar pra vocês, manter o bom humor tem sido uma tarefa árdua! Há dias bons, dias ruins e dias horríveis! Pura gritaria e estresse por coisas tão pequenas que passariam batido se não fosse essa ansiedade de quarentena. Todos esses momentos de surto me tem feito lembrar do estudo que fiz para o Florescer sobre domínio próprio no falar.

Nem sempre é fácil controlar nossas palavras quando estamos nervosas, mas não é uma tarefa impossível. O truque de respirar fundo e contar até dez as vezes funciona - ao menos do lado de cá. Mas não vou mentir para vocês, tem dia que truque nenhum faz dar certo, só muita oração e um coração disposto a pedir desculpas porque sabe que errou. 

Está todo mundo no mesmo barco. Cada um lidando com suas ansiedades e temores de maneiras diferentes e por isso precisamos mais do que nunca ter domínio próprio nas nossas palavras e ações. Precisamos prezar pelo bom relacionamento dentro de casa ou então, todo mundo enlouquece junto e o caos reina! E de caos já basta o que está acontecendo do lado de fora da porta de casa, não é mesmo? 

Esse post é mais um desabafo do que de fato uma ajuda pra você que talvez esteja passando pelo mesmo. Não há muitos conselhos que eu possa lhe dar a não ser: respira fundo, ore, medite, conte até dez, tenha empatia e controle suas palavras. Isso ajuda a ter dias bons, vai por mim!




Postar um comentário

Obrigada por comentar. Responderei o mais rápido possível. ❤

Acompanhe