QUASE AURORA : AS QUATRO ESTAÇÕES DO "NÓS"

E-mail

HOME       SOBRE       CONTATO

AS QUATRO ESTAÇÕES DO "NÓS"

imagem

primavera

Você chegou de mansinho, como uma brisa suave de primavera, Foi achando o caminho do meu labirinto e hoje conhece cada pedacinho. Você me acalma sem muito falar, me aquece sem tocar e me faz sonhar com os olhos abertos.

Você roubou meu coração sem precisar de beijos, mas com palavras que jamais foram ouvidas por mim. Você me faz rir das coisas mais bobas e lança fora meus medos e inseguranças. Me desperta o desejo de ser a primeira coisa que verá ao abrir os olhos em um futuro distante.

Você me faz sentir paz, me faz acordar feliz e desperta o que há muito estava adormecido. Você não cabe nas minhas palavras e custo a encontra-las, pois lhe definir é injusto e pequeno demais para tua grandeza.

verão

Naquela noite eu vi minhas inseguranças se tornando reais e silenciosamente chorei. Chorei por você, chorei por mim e principalmente por meu coração que tão facilmente se entregou a você. Sem perceber, você o partiu. Fez minhas esperanças morrerem e minhas dúvidas crescerem. Chorei até o peito dor. Baixinho pra ninguém ouvir meu lamento, pra ninguém perguntar o motivo da minha agonia, pra ninguém saber que eu estava sendo destruída mais uma vez.

outono

Eu ainda gosto da tua voz ao cantar, da curva da tua boca quando sorri, do som da tua risada, das duas caras e bocas quando eu falava algo que discordava, do seu bom dia quando eu mal abria os olhos e sabia que estaria lá.

Eu tenho saudade das nossas conversas, das nossas discordâncias musicais, da maneira como você compartilhava as amenidades do dia. Eu ainda tenho saudade do que éramos e dos nossos corações inocentes falando sobre todas as coisas. Tenho saudade e sei que continuarei sentindo e isso é algo estranho.

A saudade não é algo presente em mim, mas você tomou cada pedacinho do meu coração. Fez-se mais presente que o ar em meus pulmões. Mas de repente, com palavras inocentes, você se foi despedaçando tudo em mim. E mesmo assim, sinto saudade. Mesmo assim, lembro-me de tudo que queria esquecer e sei que sempre lembrarei.

inverno

Depois de um tempo, todas as vezes que meus pensamentos me levavam até você e eu esperava que aparecesse, você nunca veio. Não havia uma campainha sendo tocada ou uma mensagem sendo digitada. Era apenas o vazio.

Lidei com a dor e com a saudade da maneira mais dolorosa, chorando todos os dias até que você se tornou uma lembrança distante.

E te encontrar ali naquela rua, da maneira mais inesperada possível, me mostrou que tivemos uma bela história. Cheia de amor e dor. Sobrevivemos, crescemos, aprendemos a não brincar com os sentimentos e a esperar a hora certa do amor acontecer.

Ver você sorrindo diante de mim mostrou que eu fiz bem em lhe entregar meu coração. Não me arrependi um único dia de ter me apaixonado por quem você era e sei que não me arrependeria se me apaixonasse por quem você é agora, mas já não há mais espaço no meu coração para você e nossos diálogos.

 





2 comentários:

  1. Curto muito seus posts, são muito bem criativos e interessantes.. Sempre estou aqui lendo e compartilhando com minhas amigas...

    Beijos 😘.

    Meu Blog: Blog Loterias da Sorte

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar. Responderei o mais rápido possível. ❤

Acompanhe