QUASE AURORA : VOLTANDO PRA CASA

E-mail

HOME       SOBRE       CONTATO

VOLTANDO PRA CASA

Voltar para casa depois de um tempo é algo estranho. Você sai sem saber quando e se irá voltar, e quando precisa reajustar sua rota para o lugar de onde saiu, tudo parece fora de ordem. Você cresceu ali, viveu por longos anos, mas basta colocar os pés para longe que tudo é diferente.

As cores das paredes não parecem mais as mesmas. Os móveis foram trocados, os talheres mudaram de lugar, seu bichinho já não lhe trata da mesma forma, seu quarto tem um cheiro diferente, os livros estão com poeira acumulada e o tapete não parece ser o que confortou seus pés tempos atrás.

Voltar pra casa gera um pouco de desconforto e demora para você voltar a se sentir parte do ambiente que sempre foi seu. 

Voltar pra casa é bom, mas a gente percebe que foi feito pro mundo, pra voar e conhecer novos lugares. 

Voltar pra casa é ter a certeza de que se você precisar, poderá ir e vir quantas vezes forem necessárias. Ali sempre será sua raiz, seu lugar de amparo, abrigo, proteção. O lugar para renovar suas energias, o lugar para restaurar suas forças e quando necessário, curar suas feridas.





Um comentário:

  1. Me sinto assim agora que me mudei. Vou visitar minha mãe e tudo tá diferente, os nossos gatos (que ela morreria se eu levasse), a rotina de lá. Eu gosto e me sinto bem, mas é como se já não fosse "aquele" lar.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar. Responderei o mais rápido possível. ❤

Acompanhe